Blog

Fique por dentro dos assuntos

Quadro elétrico trifásico: Quais as suas vantagens?
18
mar

O sistema trifásico é um dos mais usados no mundo para a distribuição de energia por conta de sua eficiência. Para saber usá-lo, vamos entender exatamente o que ele é e suas vantagens em relação ao sistema tradicional monofásico.

O que é o Sistema Trifásico?

Em primeiro lugar, para reconhecer na prática, o transformador monofásico é alimentado por uma única fase, ou seja, só tem um fio na parte de cima. A saída de energia, porém, é feita através de 3 fios. Já o sistema trifásico é semelhante, entretanto, a alimentação é feita através de 3 fases, além de um fio nulo, e na distribuição são usados 4.

Ambas as formas de distribuição funcionam com o mesmo princípio. A monofásica é caracterizada por uma onda na potência máxima de 120v, porém, como essa onda oscila, existem momentos em que esse valor está baixo. Já a trifásica, usa 3 ondas monofásicas, que se comportam em paralelo, garantindo que a potência estará perto do valor ideal na maior parte do tempo.

Vamos ver, a seguir, as maiores vantagens de ter um quadro elétrico trifásico e para aproveitar esse sistema.

As vantagens

Uma das vantagens do sistema trifásico é o uso de menos material para entregar mesma potência de um monofásico equivalente, diminuindo as despesas e possibilitando geradores e condutores menores e mais leves. Além disso, os motores trifásicos estão menos propensos a quedas inesperadas de energia.

Um outro benefício desse tipo de distribuição é que a potência total nunca é nula pois, graças ao sistema de alimentação em paralelo, sempre há energia chegando nos equipamentos. No sistema monofásico a potência se anula quando a tensão ou corrente passam pelo zero.

Nesses casos a distribuição de energia continua graças a inércia. E também, como a entrada é maior e constante, é a ideal para situações que demandam mais energia, por produzir uma potência muito maior.

Isso fica evidente em relação a potência total instantânea, que é sempre constante, graças a oscilação das ondas em paralelo, garantindo uma eficiência muito maior.

Esse sistema também é mais eficiente no uso de enrolamentos nos motores do que o monofásico. E no momento da partida direta, usada para explorar a potência máxima dos motores, as vantagens também ficam visíveis.

O sistema monofásico, por ter um campo pulsante exige um enrolamento extra, enquanto o campo girante das três fases não necessita de um cuidado especial.

Por fim, os sistemas trifásicos são muito versáteis. Por exemplo: as três fases podem ser usadas para alimentar um único motor trifásico, ou a combinação delas pode ser usada para disponibilizar cargas monofásicas.

Porém, nesse tipo de caso, é necessário verificar se o sistema se encontra balanceado, ou seja, todas as correntes têm cargas semelhantes. O desbalanceamento pode gerar problemas.

Um quadro elétrico trifásico é fundamental para aproveitar esse tipo de sistema de energia, melhor, mais eficiente e com mais potência. Se quiser saber mais sobre esse tipo de distribuição e sua instalação ou qualquer outra solução elétrica, entre em contato por telefone.

Relacionados

NEWS LETTER

Cadastre seu e-mail e receba notícias e novidades